Fechar
Metadados

Área de identificação
Tipo de ReferênciaThesis
Sitemtc-m12.sid.inpe.br
Código do Detentorisadg {BR SPINPE} ibi 8JMKD3MGPCW/3DT298S
Identificador6qtX3pFwXQZ3r59YD7/G3dFy
Repositóriosid.inpe.br/iris@1913/2005/05.03.18.43
Última Atualização2021:03.29.18.25.17 sergio
Metadadossid.inpe.br/iris@1913/2005/05.03.18.44.01
Última Atualização dos Metadados2021:03.29.18.32.04 sergio
Chave SecundáriaINPE-13168-TDI/1027
Chave de CitaçãoOliveira:2005:EsReSe
TítuloAvaliação de modelos digitais de elevação gerados a partir de sensores remotos orbitais ópticos (ASTER) e radar (RADARSAT-1, SRTM): um estudo para a região da Serra dos Carajás (PA)
Título AlternativoEvaluation of digital elevation models generated from optical (ASTER) and radar (radarsat-1, SRTM) orbital remote sensors: a study for the area of the montain of Carajás (PA)
CursoSER-SPG-INPE-MCT-BR
Ano2005
Data Secundária20050919
Data2005-02-28
Data de Acesso11 abr. 2021
Tipo da TeseDissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto)
Número de Páginas184
Número de Arquivos1
Tamanho24375 KiB
Área de contextualização
AutorOliveira, Cleber Gonzáles de
GrupoSER-SPG-INPE-MCT-BR
BancaSantos, Athos Ribeiro dos (presidente)
Paradella, Waldir Renato (orientador)
Mura, José Cláudio
Camargo, Paulo de Oliveira
UniversidadeInstituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
CidadeSão José dos Campos
Tipo SecundárioTDI
Histórico2006-05-18 16:32:14 :: jefferson -> jeferson ::
2006-05-18 16:36:58 :: jeferson -> administrator ::
2019-03-20 12:44:32 :: administrator -> simone :: 2005
2021-03-29 18:09:29 :: simone -> sergio :: 2005
Área de conteúdo e estrutura
É a matriz ou uma cópia?é a matriz
Estágio do Conteúdoconcluido
Transferível1
Palavras-Chavesensoriamento remoto, modelos digitais de elevação, RADARSAT-1, acurácia, visão estereoscópica, erro médio quadrático, Carajás (PA), remote sensing, digital elevation models, RADARSAT-1, accuracy, stereoscopy imagery, root, mean, square errors, Carajás (Pará State).
ResumoGrandes áreas do território Brasileiro ainda apresentam falta de informação planialtimétrica nas escalas de semidetalhe (1:100.000) e de detalhe (1:50.000), principalmente nas regiões Norte e Nordeste. Além disso, quando disponíveis as cartas topográficas estão desatualizados e com uma pobre qualidade altimétrica. Modelos Digitais de Elevação (DEMs) são dados primários para a produção de mapeamento topográfico, e o uso de dados de sensores remotos orbitais para a geração de DEM é uma alternativa promissora para suprir a ausência de informações do terreno. Neste estudo, vários DEMs gerados de sensores remotos óptico (ASTER) e radar (RADARSAT-1, SRTM - Shuttle Radar Topography Mission), baseados em metodologias distintas (estereoscopia e interferometria) foram avaliados para fins de mapeamento topográfico. Como local de teste, uma área de 9.000 quilômetros quadrados foi selecionada na Província Mineral de Carajás, um terreno montanhoso localizado na borda mais oriental da região Amazônica Brasileira. A modelagem geométrica para a geração dos DEMs foi baseada no software OESE (PCI Geomatics). Dados topográficos precisos de campo obtidos com o GPS (Global Positioning System) no método estático e cinemático foram usados como GCPs (Ground Control Points) para a modelagem dos DEMs e ortorretificação de dado óptico auxiliar (ETM+ Landsat), e como ICP (Independent Check Points), para o cálculo da precisão e acurácia altimétrica dos produtos. Além disso, uma análise comparativa foi realizada considerando os requisitos altimétricos para o mapeamento topográfico nacional baseado no Padrão de Exatidão Cartográfica (PEC). A investigação mostrou que as precisões dos DEMs derivados dos dados ASTER e SRTM, que foram gerados e avaliados com um conjunto bem distribuído de GCPs e ICPs, respectivamente, atenderam as exigências para cartas 1:100.000 (classe A), como requerido pelo PEC. As informações altimétricas fornecidas pelo RADARSAT-1 Fine e Standard atenderam apenas aos requerimentos do PEC para cartas 1:100.000 classe B e C, mas estes resultados foram afetados por uma pobre distribuição em área e pequena quantidade de GCPs e ICPs, respectivamente, disponíveis para a geração e avaliação da precisão dos DEMs. ABSTRACT: Large areas within the Brazilian territory still present a lack of planialtimetric information at both semi-detailed (1:100,000) and detailed (1:50,000) map scales, mainly at the Northern and Northeast regions. In addition, topographic maps when available are outdated and with poor altimetric quality. Digital Elevation Models (DEMs) are primitive inputs for topographic mapping production, and the usage of orbital remote sensing data for DEM generation is a promising alternative to overcome this overall absence of terrain information. In this study, several DEMs generated from optical (ASTER) and radar (RADARSAT-1, Shuttle Radar Topography Mission-SRTM) remote sensing and based on distinct methodology (stereoscopy and interferometry) were generated and evaluated for topographic mapping purposes. As a test-site, an area of 9,000 square kilometers was selected in the Carajás Mineral Province, a mountainous terrain located on the eastern most border of the Brazilian Amazon region. The geometric modeling for the DEMs extractions was based on the OESE software (PCI Geomatics). Precise topographic field data from static and kinematic GPS (Global Positioning System) was used as GCPs (Ground Control Points) for the modeling of the DEMs and ortho-rectification of ancillary optical data (ETM+ Landsat), and as ICP (Independent Check Points), for the calculation of altimetric accuracies of the products. In addition, a comparative analysis was also carried out considering the altimetric requirements for national topographic mapping based on the Brazilian Standard for Cartographic Accuracy (PEC Padrão de Exatidão Cartográfica). The investigation has shown that the DEMs accuracies derived from ASTER and SRTM data, which were generated and evaluated with a well-distributed set of GCPs and ICPs, respectively, met the requirements for 1:100,000-map (class A) as requested by PEC. The altimetric information provided by Fine and Standard RADARSAT-1 has only fulfilled the PEC requirements for 1:100,000-map classes B and C, but these results were affected by a poor area distribution and small numbers of GCPs and ICPs, respectively, available for the DEMs generation and accuracy evaluation.
AreaSRE
ArranjoAvaliação de modelos...
Conteúdo da Pasta source
publicacao.pdf 29/03/2021 15:32 23.8 MiB
Conteúdo da Pasta agreement
TERMOS DE DEPOSITO ASSINADO CLEBER GONZALES DE OLIVEIRA - MESTRADO.pdf 29/03/2021 15:11 132.9 KiB 
Área de condições de acesso e uso
URL dos dadoshttp://urlib.net/rep/6qtX3pFwXQZ3r59YD7/G3dFy
URL dos dados zipadoshttp://urlib.net/zip/6qtX3pFwXQZ3r59YD7/G3dFy
Idiomapt
Arquivo AlvoAVALIAÇÃO DE MODELOS DIGITAIS DE ELEVAÇÃO GERADOS A PARTIR DE SENSORES REMOTOS ORBITAIS OPTICO ASTER E RADAR (RADARSAT 1 SRTM UM ESTUDO PARA A REGIÃO DA SERRA DOS CARAJÁS PA.pdf
Grupo de Usuáriosadministrator
jefferson
sergio
Visibilidadeshown
Licença de Direitos Autoraisurlib.net/www/2012/11.12.15.10
Detentor da CópiaSID/SCD
Permissão de Leituraallow from all
Permissão de Atualizaçãonão transferida
Área de fontes relacionadas
Unidades Imediatamente Superiores8JMKD3MGPCW/3F3NU5S
DivulgaçãoNTRSNASA; BNDEPOSITOLEGAL.
Acervo Hospedeirosid.inpe.br/banon/2001/04.06.10.52
Área de notas
Campos Vaziosacademicdepartment affiliation archivingpolicy archivist callnumber contenttype creatorhistory descriptionlevel doi e-mailaddress electronicmailaddress format isbn issn label lineage mark mirrorrepository nextedition notes number orcid parameterlist parentrepositories previousedition previouslowerunit progress readergroup resumeid rightsholder secondarymark session shorttitle sponsor subject tertiarymark tertiarytype url versiontype
Área de controle da descrição
e-Mail (login)sergio
atualizar 

Fechar