Close
Metadata

%0 Conference Proceedings
%4 sid.inpe.br/mtc-m12@80/2006/05.04.13.33
%2 sid.inpe.br/mtc-m12@80/2006/05.04.13.33.06
%F self-archiving-INPE-MCTIC-GOV-BR
%A Santana, Gláucia,
%A Novo, Evlyn Marcia Leão de Moraes,
%@affiliation Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Divisaão de Sensoriamento Remoto
%@affiliation nstituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Divisaão de Sensoriamento Remoto
%T Avaliação do impacto da ocupação antrópica a partir do uso de sensoriamento remoto e geoprocessamento - Lago Grande de Monte Alegre - PA
%B Seminário de Iniciação Científica do INPE (SICINPE).
%D 2001
%8 7-9 ago
%C São José dos Campos
%K ESTUDOS INTEGRADOS DO MEIO AMBIENTE, Lago Grande de Monte (P A), desmatamento, florestas, várzeas, uso do solo, planícies amazônicas, ecossistemas aquáticos.
%X As preocupações com as questões ambientais aliadas a uma boa política de desenvolvimento sócio econômico sustentável são prioridades no documento que estabelece um pacto pela mudança do padrão de desenvolvimento global para este século => A Agenda 21. Entretanto a elaboração dessas políticas depende da ampliação de conhecimentos científicos. Neste contexto, o estudo da distribuição espacial dos recursos naturais e das formas de organização do espaço são indispensáveis. Numa região de grandes dimensões e de difícil acesso como a~ planícies amazônicas, a aquisição de dados sobre o ambiente é facilitada pela aplicação de tecnologias de sensoriamento remoto e geoprocessamento. Estimadas em 29 milhões de hectares, as terras de várzea na Amazônia apresentam além de grande produtividade e diversidade naturais, um imenso potencial agrícola e pesqueiro capaz de atender a demanda nacional e mundial favorecendo o desenvolvimento da economia sustentada. Porém esse potencial natural encontra-se ameaçado pelo processo de ocupação/exploração desordenado das várzeas gerando tensões sociais entre pescadores e pecuaristas.. Este trabalho tem por objetivo processar imagens de satélite visando mapear a ocupação antrópica das várzeas entre os anos de 88 e 99, e cotejar taxas de modificação no uso do solo da planície. Em particular, procura-se determinar a taxa de desmatamentos da floresta inundável, a quilometragem dos canais de acesso e áreas ocupadas por estabelecimentos agrícolas por tipo de ecossistema como indicadores do desequilibro ecológico dos sistemas aquáticos tais como: redução da atividade pesqueira e aumento de doenças de veiculação hídrica na região do Lago Grande de Monte/P A.
%P 41
%O Bolsa PIBIC/INPE/CNPq
%@language pt
%3 13706.pdf


Close